domingo - 11/04/2021
spot_img

Três semanas após matar ex da sua namorada, rapaz é preso por homicídio

A Polícia Civil de Goiás, através da Delegacia de Morrinhos, logrou êxito em efetuar o cumprimento de mandado de prisão preventiva em desfavor de I.D.M.M., de 19 anos, na tarde de quarta-feira, 04. Ele é acusado da prática do crime de homicídio duplamente qualificado, cuja pena pode atingir trinta anos de reclusão.
Na madrugada do dia 13 de novembro, um rapaz de 18 anos de idade foi morto no Setor Sol Nascente, após ser alvejado por disparos de arma de fogo na porta da residência de seu genitor. Após o crime, equipes da Polícia Civil passaram a efetuar diligências no intuito de esclarecer a autoria do crime, bem como descobrir o motivo da morte da vítima.
Durante as investigações foi possível esclarecer que a vítima possuía uma desavença com I.D.M.M., devido ao fato de que a atual namorada do autor teria tido um relacionamento anterior com a vítima.
Diante deste desentendimento anterior, no dia do evento fático, após começar a conversar com a vítima, I.D.M.M. desferiu disparos de arma de fogo contra a cabeça da vítima e evadiu do local logo após o crime.
Após a confirmação da autoria delitiva a Polícia Civil representou pela prisão preventiva de I.D.M.M., sendo que tal medida foi devidamente deferida pelo Poder Judiciário e no dia 04, três semanas após o fato, devidamente cumprida por policiais civis desta unidade.
Por fim, deve ser destacado que I.D.M.M. já possui registros criminais pela prática dos crimes de roubo qualificado e posse de entorpecentes para o consumo pessoal.

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,761FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img