Suspeito de tráfico de drogas é preso em Caldas Novas – Plural Notícias

Suspeito de tráfico de drogas é preso em Caldas Novas

A Delegacia de Polícia de Caldas Novas, coordenada pelo Delegado de Polícia Rogério Moreira, finalizou mais uma investigação onde se apurava crime de tráfico de drogas, fato ocorrido no dia 15 de outubro de 2019, Setor Nova Vila, em Caldas Novas.

Segundo o apurado, Joacy Fernandes Carvalho Júnior, vinha comercializando drogas há anos em Caldas Novas, possuindo, inclusive, diversos antecedente por tráfico de drogas tanto em Caldas Novas como no Distrito Federal.

Não obstante o investigado há anos sobrevive com vida confortável e adquiri veículos, sem trabalho lícito comprovado. Teve em 2018, em uma residência que utilizava como depósito, situada no setor Universitário, em Caldas Novas, de sua propriedade, apreendida em uma ação policial grande quantidade de drogas e insumos para refino de cocaína.

Assim, a autoridade policial, de posse dos elementos que indicavam que Joacy Fernandes continuava na mercancia ilícita de drogas até os dias atuais, instaurou uma investigação com ínfima de responsabiliza-lo, inclusive, em setembro de 2019, Joacy teria destruído provas quando de uma abordagem policial, visando dificultar ser relacionado ao crime de tráfico de drogas.

A conduta de tráfico de drogas restou ainda mais evidente após depoimentos de usuários indiciando sua autoria nesta modalidade criminosa.

Assim, a Polícia Civil representou por sua prisão temporária e, após parecer favorável do Ministério Público, a justiça decretou a prisão de Joacy Fernandes, bem como expedição de mandados de busca em sua residência.

De posse dos mandados, a Polícia Civil realizou na tarde desta terça-feira (15/10/19), a prisão de Joacy Fernandes quando este transitava pela cidade em seu Veículo Honda Civic e deram cumprimento aos mandados judiciais.

Agora preso, Joacy Fernandes será indiciado novamente pela prática do crime de tráfico de drogas e em seguida será recolhido ao Presídio de Caldas Novas onde passará à disposição da justiça e se condenado a pena poderá ultrapassar os 15 anos de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *