segunda-feira - 17/05/2021
spot_img

Operação integrada entre forças de segurança resulta na apreensão de 1 tonelada de drogas

Um homem foi preso e um adolescente apreendido durante a ação, suspeitos de tráfico interestadual. Apreensão é uma das maiores do ano no Estado e traz grande prejuízo ao crime organizado.

Uma força-tarefa de segurança pública, montada neste final de semana, resultou na apreensão de 1 tonelada de drogas, na zona rural de Aragarças, região oeste do Estado. A Operação Tacada Certa contou com a participação das Polícia Civil e Militar de Goiás, Pará, Mato Grosso e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Durante a ação integrada, contra o tráfico interestadual de entorpecentes, um homem foi preso e um adolescente apreendido.

As unidades policiais iniciaram amplo trabalho de investigação, após uma denúncia, feita há duas semanas. Segundo o relato, um indivíduo iria até o estado do Mato Grosso para escoltar uma grande carga de drogas, que tinha como destino final as cidades goianas de Goianira e Anápolis. “Passamos a empreender diligências no sentido de identificar o veículo. Há cerca de uma semana nós conseguimos identificar as características desse veículo e soubemos que ele estaria no Mato Grosso”, informou a delegada Carla de Bem.

Imagem: Divulgação/Reprodução


As equipes realizaram diversas buscas em possíveis rotas do tráfico e conseguiram localizar o caminhão, na última sexta-feira (19/03). Ao todo, foram apreendidos 700 tabletes de skunk (supermaconha) e haxixe. Os ilícitos estavam escondidos em um fundo falso, na carroceria do veículo. Além dos entorpecentes, o caminhão foi apreendido na ação. Ao final, o homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e o adolescente por ato infracional análogo ao crime de tráfico.

A dupla foi levada, junto aos ilícitos, à Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar). “O maior já possui passagem por tráfico de drogas. O importante é visualizar a grandeza dessa operação. Foram três estados envolvidos e doze unidades de segurança pública”, pontuou o Major da PM, Fábio Costa, do Comando de Policiamento Especializado (CPE) de Anápolis.

O delegado Alexandre Bruno de Barros, titular da Decar, também destacou a importância do trabalho conjunto entre as forças policiais. “O Estado, que vinha enfrentando o elevado número de roubo de cargas, tráfico de drogas e de armas de fogo, têm tido resultados promissores, positivos, numa queda muito grande da prática desses crimes”. “É o abandono da vaidade e a força de vontade em combater o crime organizado”, destacou.

Imagem: Divulgação/Reprodução


A apreensão é uma das maiores do ano, em Goiás, e traz prejuízo estimado em R$ 1,2 milhão ao tráfico de drogas. “Estamos falando aqui de skunk, de haxixe. Uma droga que, lançada no mercado goiano, terá multiplicado por dez vezes esse valor. Droga que poderia chegar às nossas crianças, às nossas famílias, mas que agora está fora de circulação. Com certeza, teremos mais resultados investigativos não só relacionados a essa situação, mas a outras também”, completou o delegado.

Participaram da Operação Tacada Certa a CPE de Anápolis (PMGO), o Comando de Operações de Divisas (COD/PMGO), Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar/PCGO), Delegacia de Goianira (PCGO), 34º Batalhão em Itaberaí (PMGO), Serviço de Inteligência da PMGO, Grupo Especial de Fronteira (Gefron/ PMMT), 10º Comando Regional (PMMT), 13º Comando Regional (PMMT), Núcleo de Inteligência Policial e Núcleo de Apoio à Inteligência (PCPA) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,820FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img