sexta-feira - 16/04/2021
spot_img

Niltinho da GP Muares leva muladeiros para encontro com governador Caiado

O empresário Gildenilton Pereira, o Niltinho da Alerta Serviços e GP Muares, levou a diretoria da Associação de Muladeiros do Oeste Goiano (AMOG), para uma audiência na tarde desta terça-feira, 15, com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM). O grupo convidou o governador para participar do 12º Encontro de Muladeiros de Iporá, que acontece entre os dias 22 a 27 de janeiro, em Iporá. O prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale (MDB) também participou da reunião.

“Este é maior encontro de muladeiros do mundo”, afirma Niltinho, reunindo os principais criadores de burros, jumentos e mulas do planeta. Cerca de 3 mil animais estarão reunidos no desfile de exposição. Para Niltinho, a paixão do muladeiro é um resgate às origens do povo goiano, ao respeito com os animais, a fé em Deus e a confraternização entre as pessoas. Mais de uma centena de comitivas de vários Estados brasileiros vão participar do encontro.

A audiência da diretoria da AMOG foi intermediada por Niltinho, que é amigo pessoal do governador Ronaldo Caiado. No ano passado, quando ainda era senador, participou do encontro da GP Muares em Morrinhos, a convite do empresário itumbiarense. A programação do encontro é recheada de atrações, com as classificatórias Ranch Sorting, concurso Garota AMOG, concursos de morfologia, traia, berrante, torneio de truco, provas de três tambores, mula iniciante, patroa, burro iniciante, infantil, regional, mula jovem, burro adulto, amazonas, muar diagonal, patrão, mula adulta e ainda pega do garrote e Team Penning, além de shows com Nando Moreno, Ed Marques e AlessandroMayke e Lyan, Goiano e Paranaense e Mato Grosso e Mathias. Há outras atrações, como o leilão de muares e a tradicional Queima do Alho.

Para Niltinho, a recepção do governador aos muladeiros foi emocionante, por sua paixão pelas mulas e respeito ao trabalho feito pela diretoria em realizar uma grande festa. Ele espera contar com a presença do governador no evento e ressaltou o convite para que as pessoas de Goiás, de todo Brasil e do mundo participem do Encontro de Muladeiros em Iporá. “Vai ser uma grande festa”, promete.

A HISTÓRIA DOS MULADEIROS

De acordo com a Associação de Muladeiros do Oeste Goiano, an­tes da chegada dos caminhões e da ferrovia, por volta dos anos de 1935 e 1940, o Estado de Goiás es­tava isolado do restante do País. Nesse período, a atividade predo­minante era a agricultura voltada para a subsistência, a cultura do gado e de muares. O contato com a região sudeste era dificultado pela falta de rios navegáveis ou estra­das. Sendo assim, a alternativa ao transporte era por meio de carros de bois e muares.

Ainda conforme a Amog, os car­ros de bois transportavam cargas menores e percorriam distâncias mais próximas. Já os muares, con­duzidos pelos tropeiros, percorriam distâncias mais longas e carregavam cargas mais pesadas como ouro e o gado. Tropeiros eram aqueles que trabalhavam como comissários, eles andavam sempre armados e permaneciam longos períodos nas estradas em função do seu traba­lho. Já os muladeiros eram os pro­prietários de tropas e, de um modo geral, aqueles que se utilizavam dos muares como meio de transporte.

O Encontro Nacional de Mula­deiros surgiu através da Comitiva de Amigos do Divino Pai Eterno de Iporá, que todos os anos faz a via­gem à Trindade, na festa do Divino. A Amog surgiu a partir desse grupo, que começou a fazer o convite a ou­tras comitivas para realizar um en­contro, que começou pequeno e to­mou as proporções atuais.

 

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,769FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img