quarta-feira - 16/06/2021
spot_img

Governo de Goiás supera marca de 120 mil cestas básicas distribuídas em um mês de campanha

Iniciada no dia 10 de maio, terceira etapa da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus leva alimentos a 225 municípios de todo Estado. “Garantir segurança alimentar aos goianos em situação de vulnerabilidade é prioridade do Governo Ronaldo Caiado”, afirma primeira-dama, Gracinha Caiado

Em mais uma etapa da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus, o Governo de Goiás bateu, nesta quinta-feira (10/6), a marca de 120 mil cestas básicas distribuídas para famílias em situação de vulnerabilidade em todo o Estado. Em apenas um mês, 225 municípios já receberam os alimentos comprados pela gestão do governador Ronaldo Caiado para garantir segurança alimentar daqueles lares que foram atingidos pela crise causada pela pandemia da Covid-19.

Desde que a ação foi lançada, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDS), do Gabinete de Políticas Sociais (GPS) e da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), trabalha em diversas frentes para que esses alimentos cheguem à mesa das famílias goianas.

Na capital e na região metropolitana de Goiânia, já foram realizadas 12 operações em 59 bairros. Com o apoio das forças de segurança, voluntários e da Guarda Civil Metropolitana, as cestas foram entregues, de porta em porta, sem gerar aglomeração.

Para o benefício chegar a todas as regiões do Estado, a presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), Gracinha Caiado, realiza, duas vezes por semana, videoconferências com gestores sociais e primeiras-damas dos 246 municípios.

Nas lives, além de discutir e construir soluções conjuntas para os desafios de cada cidade, Gracinha Caiado promove os Debates Sociais, que tem como objetivo organizar a Proteção Social em todo o Estado. É a partir desse contato semanal que 225 municípios já receberam e iniciaram a distribuição das cestas básicas.

“Esse resultado é fruto de um trabalho conjunto. Em apenas um mês, conseguimos levar praticamente metade das cestas básicas a quase todos os municípios de Goiás. Desde o início da campanha, o governador Ronaldo Caiado determinou que as entregas seriam feitas em parceria com os 246 municípios e assim nós temos feito. Chegamos a cada cidade, de porta em porta, para garantir que nenhum goiano fique desamparado”, comemora a primeira-dama.

Emocionada ao receber uma das cestas básicas adquiridas pelo Governo de Goiás, dona Doralina da Silva Santos, de 46 anos, disse que naquele dia a dispensa estava vazia. “Foi Deus quem mandou vocês aqui hoje. Eu e meu esposo estamos sem trabalhar, então as coisas estão muito difíceis. Eu só tenho a agradecer, essa doação significa muito pra mim”, conta a dona de casa.

A história de dona Doralina é o que motiva o trabalho do Governo de Goiás e da OVG. “Como eu digo sempre, quem tem fome tem pressa. A cada cidade que chegamos, a cada lar que visitamos, a cada pessoa que atendemos, nossa responsabilidade só aumenta. Desde o início dessa pandemia, trabalhamos com uma só convicção: nenhuma família goiana ficará com fome”, destaca Gracinha Caiado.

Para a diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, saber que as ações desenvolvidas pela Organização transformam a realidade das pessoas é a maior recompensa. “Cada distribuição de cestas básicas que realizamos conta com a participação de colaboradores e voluntários. Entre todos, o sentimento é de satisfação em saber que aquele gesto tem o poder de mudar a vida de quem precisa. É um trabalho muito gratificante”, acrescenta.

Nesta semana, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e da Emater, iniciou também a entrega de cestas básicas a assentamentos e acampamentos rurais, em que moradores estejam em situação de vulnerabilidade.

No ano passado, 380 comunidades na zona rural receberam alimentos da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus. Além dos assentamentos, as comunidades quilombolas também receberão os benefícios.

Investimentos na proteção social
De acordo com o secretário de Desenvolvimento Social, Wellington Matos, o Governo de Goiás já investiu cerca de R$ 70 milhões para garantir a segurança alimentar das famílias Goianas. “Esse é um trabalho construído desde o início da pandemia. Estamos empenhados para que esses benefícios continuem chegando a todos os cantos de Goiás e matando a fome de quem, muitas vezes, não tem sequer o básico para se alimentar”, destaca.

Em março, o governador Ronaldo Caiado autorizou o repasse de R$ 28 milhões aos 246 municípios do Estado, por meio de cofinanciamento da Assistência Social, para utilização em despesas emergenciais geradas pela pandemia, o que inclui aquisição de cestas básicas e ações de proteção social. O valor se soma aos R$ 21 milhões destinados para a compra de cestas básicas, que estão sendo distribuídas aos municípios.

Além disso, o Governo de Goiás e a OVG promovem orientação e capacitações para viabilização e utilização do recurso repassado. Este foi o maior montante financeiro do Brasil destinado por governadores diretamente para a Assistência Social dos municípios.

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,837FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img