quarta-feira - 16/06/2021
spot_img

Governador Ronaldo Caiado e primeira-dama Gracinha Caiado recebem primeira remessa de 250 mil cestas básicas adquiridas pelo Governo de Goiás e iniciam distribuição para famílias em situação de vulnerabilidade social

O governador Ronaldo Caiado e a coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS) e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Gracinha Caiado, recebem, nesta segunda-feira (10/05), às 16h40, a remessa inicial de 250 mil cestas de alimentos adquiridas pelo Governo do Estado e iniciam o processo de distribuição às famílias goianas em situação de vulnerabilidade social. O investimento faz parte da terceira etapa da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), Wellington Matos, e a diretora-geral da OVG, Adryanna Caiado, também participam da solenidade. A entrega será feita na sede da Superintendência Regional em Goiás da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), no setor Santa Genoveva, em Goiânia.

O Governo de Goiás investiu R$ 21 milhões na aquisição de 250 mil cestas básicas. A expectativa é que todas as unidades sejam entregues a todos os 246 municípios do Estado em dois meses. A compra foi realizada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds) e a distribuição às famílias será feita pela equipe da OVG com o apoio das forças de segurança pública na Região Metropolitana de Goiânia, pelo Gabinete de Políticas Sociais com o apoio das prefeituras municipais e entidades sociais no interior do Estado, e pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) nos assentamentos rurais.

Proteção social
Somente em 2021, o Governo de Goiás investiu cerca de R$ 50 milhões na proteção social, com foco na segurança alimentar das famílias em situação de vulnerabilidade.

Em março, o governador Ronaldo Caiado autorizou o repasse de R$ 28 milhões às prefeituras por meio de cofinanciamento da Assistência Social para utilização em despesas emergenciais geradas pela pandemia, o que inclui aquisição de cestas básicas. Esse valor se soma agora ao investimento de R$ 21 milhões destinados para a compra de cestas básicas pela Seds.

Todos os municípios têm recebido orientação e capacitações para viabilização e utilização do recurso repassado em março. Este foi o maior montante financeiro do Brasil destinado por governadores diretamente para a Assistência Social dos municípios.

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,837FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img