segunda-feira - 17/05/2021
spot_img

Falta de chuva pode afetar produtividade e prejudicar safra de grãos em Goiás

A produção de grãos 2018/19 em Goiás deve crescer 5,5% em relação à safra anterior, atingindo 22,4 milhões de toneladas, segundo o quarto levantamento divulgado ontem pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Já a produtividade tem aumento esperado de 2,9%, com 4,12 mil quilos por hectare (kg/ha). Com a divulgação dos números, Goiás mantém a quarta posição entre os maiores produtores de grãos brasileiros.

Embora indique aumento de produção, produtividade e área plantada em relação à safra 2017/18, o resultado é menos otimista do que o divulgado no relatório de dezembro, que indicava produção de 23 milhões de toneladas de grãos (+8,3%) e aumento da produtividade de 5,7%. O futuro titular da Secretaria Estadual de Agricultura e Pecuária, que será criada com a reforma administrativa do governo do Estado, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, explica que houve um déficit hídrico em dezembro, o que prejudicou as expectativas iniciais. “Essa queda foi sinalizada devido a um período de estiagem que tivemos no final do ano passado. Entretanto, temos indicativos de crescimento 2,5% de área produzida, se compararmos com 2017/2018, e de produção de 5,5%”, diz ele.

A soja, que tem produção estimada de 11,2 milhões de toneladas, apresentou redução de 4,4% em relação à safra 2017/18, e variação negativa de 6,9% na produtividade. O mesmo aconteceu no comparativo da primeira safra do milho, cuja colheita começa em fevereiro. Enquanto em dezembro a expectativa era colher 2,1 milhões de toneladas, agora chega a 2 milhões de toneladas. Ainda assim, a produção é 19,1% maior do que na safra anterior. Já a produtividade do milho teve redução de 3,8%.

O levantamento também mostra que a primeira safra de feijão teve queda de produção em Goiás, com expectativa de colher 82,5 mil toneladas (contra 93,1 mil toneladas na estimativa de dezembro), redução de 41,2% na produção e de 15,9% na produtividade. Goiás é o terceiro maior produtor de feijão do País e, no total, deve colher 321,4 mil toneladas nesta safra. Já os números das culturas de algodão, arroz, girassol, trigo e sorgo permaneceram estáveis.

Nacional

A safra nacional de soja este ano será ligeiramente menor que o previsto em 2018, segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de dezembro, divulgado ontem pelo IBGE.

Em relação ao estimado em novembro, houve redução nas produções de soja (-0,1%), milho 1ª safra (-0,5%), milho 2ª safra (-0,6%), mandioca (-2,5%), trigo (-6,7%) e batata-inglesa 1ª safra (-8,0%).

AS estimativas de produção do ano passado cresceram para as lavouras de sorgo (10,9%), uva (9,7%), batata-inglesa 3ª safra (3,4%), batata-inglesa 2ª safra (3,0%) e café canephora (1,2%).

Fonte: O Popular

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,820FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img