segunda-feira - 14/06/2021
spot_img

Em 2020, Governo de Goiás executou mais de 200 obras de recuperação de pontes, bueiros e erosões em rodovias

Por meio da Goinfra foi realizada, também, manutenção em 11,2 mil quilômetros em rodovias pavimentadas e em 6,4 mil quilômetros de trechos não-pavimentados. Vias receberam serviços de limpeza de drenagens, tapa-buracos, roçagem de faixa de domínio, além de levantamento de greide e revestimento primário

As frentes de serviço da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) se espalharam por todas as regiões de Goiás, ao longo de 2020, para realizar nas rodovias goianas os serviços de remendo profundo, recuperação de bueiros e pontes, recomposições de áreas de erosões e aterros, além da recuperação de elementos de drenagem e manutenções diversas.

Apesar da crise sanitária causada pela Covid-19, o Governo de Goiás, por meio da Goinfra, não mediu esforços para manter a trafegabilidade das rodovias pavimentadas e não pavimentadas. Em 2020, foram realizadas 24 drenagens, que mantiveram a vida útil nas rodovias.

Foram executadas, também, 123 obras de recuperação de erosões e aterro, e de 14 bueiros. Mais de 7 mil metros cúbicos de asfalto foram recuperados, com operações tapa-buracos em diversas regiões do Estado.

De acordo com o presidente da Goinfra, Pedro Sales, o ano de 2020 foi essencial para resolver dificuldades operacionais. Os resultados apareceram. “Conseguimos transmitir credibilidade para o mercado de infraestrutura. As empresas e pessoas que lidam com a gente agora sabem da transparência e confiança que podem ter naquilo que é acordado”, ressaltou. “O resultado está aí, com inúmeras intervenções ao longo do último ano”, celebrou.

Nas rodovias não-pavimentadas, foram construídas quatro pontes de concreto para substituir estruturas de madeira. Outras 18 foram recuperadas e duas mistas foram reconstruídas. A Goinfra também centrou esforços em reparos nas balsas. Como exemplo, reformou a balsa denominada Ada, que liga Arenópolis e Montes Claros de Goiás, pelo Rio Caiapó, na GO-188; a balsa Júlia, que liga a GO-338, sob o Rio das Almas, em São Luís do Norte; e a balsa Sandra, que faz a ligação da GO-239, no trecho de Amaralina, Uirapuru e Mundo Novo.

Além disso, foram efetuados o patrolamento, cascalhamento e manutenção em 6,4 mil quilômetros, por mês, das rodovias não-pavimentadas. Todas as ações tiveram por objetivo melhorar a trafegabilidade em diversos trechos do Estado.

As rodovias pavimentadas também são foco do Governo de Goiás. No total, foram realizados reparos e manutenção rotineira em 11,2 mil quilômetros, por mês, além de serviços de roçagem da faixa de domínio, limpeza de elementos de drenagem, poda de árvores, remoção de lixo e reparos localizados (tapa buraco).

Fotos: Goinfra

Legenda
Máquinas trabalham na recuperação do bueiro da GO-070, km 0,5, na saída de Goiânia para Inhumas

Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) – Governo de Goiás

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,837FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img