Decreto de Caiado adota isolamento intermitente de 14 dias – Plural Notícias

Decreto de Caiado adota isolamento intermitente de 14 dias

Em reunião na manhã desta segunda-feira, 29, com especialistas na área de saúde, prefeitos e representantes dos poderes e órgãos do Estado, o governador Ronaldo Caiado (DEM) defendeu o isolamento com 14 dias de lockdown e 14 dias de flexibilização, de forma intermitente. O decreto terá validade a partir de amanhã, terça-feira e ele espera que seja adotado por todos os 246 municípios.

O governador também se comprometeu a fornecer todo o policiamento necessário ao optarem por adotar o regime 14×14 em seus municípios. “Todos terão meu apoio. Eu sou o único médico governador no país, me baseio na ciência, não vou insurgir do que a UFG está falando, que prefeitos e federações se posicionem neste momento”, acrescentou.

O professor Thiago Rangel, da Universidade Federal de Goiás (UFG) apresentou a estimativa de impacto populacional da doença em Goiás. Segundo ele, o isolamento social reduz transmissão da Covid-19 e é uma ferramenta importante para entender a velocidade do avanço da transmissão.

Segundo o especialista, se não forem adotadas medidas de isolamento mais rígidas, Goiás terá um saldo de 18 mil mortes até setembro. “Esse numero é absolutamente inaceitável e a primeira mensagem é essa: deixar como está é impossível e imoral”, disse. Com o modelo 14X14 e outras medidas, o professor acredita que é possível evitar 13 mil mortes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *