quinta-feira - 06/05/2021
spot_img

Caminho de Cora Coralina agora integra Rede Nacional de Trilhas de Longo Curso

Anúncio veio do Ministério do Meio Ambiente,  nesta terça-feira (23/03). Inclusão coloca percurso entre principais trilhas do Brasil, e possibilita novos investimentos

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) anunciou, nesta terça-feira (23/03), a inclusão do Caminho de Cora Coralina na Rede Nacional de Trilhas de Longo Curso (RedeTrilhas). O trecho de 300 quilômetros entre Corumbá e a cidade de Goiás é o segundo do País que passa a integrar o eixo do Programa Parque+, do MMA. O programa foi criado este ano para incentivar o ecoturismo em parques nacionais, entornos e trilhas que os conectam.

Regulamentada por portaria em 2020, a RedeTrilhas passou a contar com critérios objetivos de adesão, o que permitiu selecionar os percursos que oferecem mais garantias de estrutura e segurança nos trajetos. Segundo o Ministério do Meio Ambiente,  com sistema de sinalização específico, o Caminho de Cora Coralina contempla as exigências, garantindo acessibilidade em diversos trechos e rotas turísticas, tanto para ciclistas quanto para caminhantes.

Segundo a coordenadora do Caminho, Alexandrina Alves, o trabalho para conseguir toda a documentação exigida foi realizado em conjunto com a Associação Caminho de Cora Coralina. “Depois disso, recebemos a visita do Ministério em janeiro deste ano e, agora, saiu a aprovação”, comemorou.

Para o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, a inclusão à Rede Nacional faz do Caminho de Cora Coralina uma das principais trilhas do Brasil. “Isso possibilita a ajuda do Governo Federal e uma conexão com uma rede internacional de trilhas, que é o nosso objetivo maior”, afirmou. Além da aventura, contemplação e natureza exuberante, o diferencial de Goiás é oferecer o único  caminho de poesia do mundo.

Imagem: Divulgação/Reprodução


Investimentos
Desde 2019, o Governo de Goiás, por meio da Goiás Turismo,  investe na melhoria do Caminho de Cora Coralina para garantir segurança ao turista. As últimas intervenções foram realizadas no mês de fevereiro com a abertura e sinalização, em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), de um novo percurso no Parque Estadual da Serra dos Pireneus, com acesso pela guarita de Cocalzinho de Goiás. Além de melhorar o controle e a fiscalização no Parque, esse trajeto leva o visitante por um caminho repleto de belezas naturais. Além disso, a adesão de mais um atrativo em Corumbá de Goiás, o acampamento El Rancho, acrescentou um trecho que oferece mais um cenário espetacular para o turista, que é a vista de cima da Cachoeira do Salto. Nos últimos meses, a pintura da sinalização turística de todo o trecho, que vai se desgastando com o tempo, foi reforçada.

A partir deste ano, a Goiás Turismo irá investir R$ 2 milhões 117 mil reais na infraestrutura do Caminho.  Os projetos contemplam sinalização e estruturação da trilha, com pontos de descanso e apoio, pontes e passarelas. Toda a documentação já está na Caixa Econômica Federal, que dará o parecer para a execução das obras. A verba é oriunda de emendas parlamentares, via convênio com o Ministério do Turismo.

O Caminho
O Caminho de Cora Coralina é uma trilha de 300 km entre Corumbá e a cidade de Goiás, composta por oito municípios e oito povoados, reunindo história, cultura, poesia, natureza e aventura. Além das cidades históricas, também fazem parte do percurso os parques estaduais da Serra dos Pireneus, da Serra de Jaraguá e da Serra Dourada. Ao longo do trecho, há locais para caminhadas em trilhas, cavalgadas, cicloturismo, arvorismo, rapel, escalada, tirolesa e boia-cross, em meio à paisagem única do Cerrado, com serras, nascentes, cachoeiras, quedas d’água e corredeiras, além de rios e córregos. O passeio oferece vivências na natureza, incentiva a melhoria da infraestrutura e a sinalização das unidades de conservação, promovendo o turismo aliado à preservação do meio ambiente.

Devido ao agravamento da pandemia, o atrativo está temporariamente fechado para visitação. A decisão foi tomada em conjunto pela maioria dos empresários e parceiros do atrativo e comunicada oficialmente pela Associação Caminho de Cora Coralina no último dia 15 de março. A resolução segue as orientações dos decretos estadual e municipais.

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,783FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img