Caiado efetiva regionalização da saúde com Hospital São Marcos – Plural Notícias

Caiado efetiva regionalização da saúde com Hospital São Marcos

Hospital Regional abre as portas com 70 leitos, sendo 50 de enfermaria e 20 de UTI, mas em breve será ampliado para 200 leitos, com 30 vagas de UTI

A assistência à saúde oferecida à população de Itumbiara e região vivenciou um marco histórico na última terça-feira, dia 30. Após anos de portas fechadas, o Hospital São Marcos foi reinaugurado pelo governador Ronaldo Caiado. Reformada, reestruturada e equipada em tempo recorde – menos de 30 dias – a unidade passa a atender, pelos próximos seis meses, exclusivamente pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19. Na sequência, se manterá como referência local, já que é o primeiro hospital a oferecer leitos públicos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na região.

Dione Araújo, Ismael Alexandrino, Ronaldo Caiado e Álvaro Guimarães

A inauguração do São Marcos, que atenderá à população do Sul e Sudeste do Estado, é mais um passo na regionalização da saúde promovida na gestão Ronaldo Caiado. “Terminado o coronavírus, o São Marcos será um hospital regional do Estado de Goiás. Ele será referência da boa medicina e também da qualidade do ensino médico, já que temos um curso de medicina aqui no município”, ressaltou o governador, referindo-se ao polo da Universidade Estadual de Goiás (UEG) que oferece o curso na cidade. O São Marcos começa a funcionar com 50 leitos de enfermaria e 20 de UTIs disponíveis para o atendimento, mas com capacidade para chegar a 170 leitos de enfermeira e 30 de UTIs. Tudo custeado pelo Governo de Goiás.

Cedido à gestão estadual pela justiça, o Hospital São Marcos teve seus dois primeiros andares totalmente reformados e adequados. Além da reestruturação, a manutenção é de responsabilidade do Governo do Estado. “Estamos arcando com todas as despesas e insumos para que o hospital seja implantado”, destacou Caiado, que, durante a inauguração, ressaltou que para isso tem contado com o apoio dos parlamentares goianos.

Além de investimentos estaduais, o hospital vai receber verbas de emendas parlamentares destinadas pela bancada goiana na Câmara Federal. De acordo com o deputado federal José Nelto, só para a saúde de Goiás, eles repassaram R$ 39 milhões em emendas. “O governador Ronaldo Caiado tem atuado fortemente na Câmara, enviando ideias de projetos. Para este hospital destinamos R$ 542 mil”, frisou Nelto.

Segundo o deputado estadual Álvaro Guimarães, que representa o município na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o Hospital São Marcos ressurge para salvar vidas e levar esperança à população da região Sul do Estado. “Para nós de Itumbiara esse hospital representa a realização de um sonho. Uma grande conquista concedida pelo incansável trabalho do governador Ronaldo Caiado”, afirmou o parlamentar.

A unidade conta com todos equipamentos necessários para tratar de pacientes infectados pelo coronavírus, como monitores, bombas de infusão de medicamentos, raio-x portátil e tomografia. “É uma unidade fruto de muitas mãos. O desafio agora é fazer esse hospital entregar sua capacidade máxima de atendimento à saúde”, frisou o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino.

Parcerias
A abertura do Hospital São Marcos também contou com a parceria de empresas do município. Um grupo de empresários montou uma comissão para arrecadar doações. A Caramuru alimentos doou 30 camas para o hospital. Já a JBS fez a doação de oito camas, sendo três elétricas para UTI. “A previsão é de que haja mais doações de outras empresas e indústrias que atuam em nossa cidade, incluindo a doação de ventiladores pulmonares”, destacou Dione Araújo, empresário de Itumbiara, que liderou esse movimento em prol do hospital.

A inauguração do Hospital São Marcos foi acompanhada também pelos prefeitos José Antônio (Itumbiara), Dr. Winicius (Edealina), Zezinho Vieira (Goiatuba); José Willian (Panamá) e Renata Borges (Araporã-MG); pelo secretário de Estado da Comunicação, Tony Carlo; pelo bispo diocesano de Itumbiara, Dom Fernando Bronchini; pelo procurador da Regional de Itumbiara, Fernando César; além do promotor de Justiça Clayton Korb, juízes de Direito Sílvio Jacinto, Roberto Neiva e Altair Guerra, empresário Alberto Borges (Caramuru), representantes das polícias Civil e Militar, vereadores e diversos representantes da sociedade civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *