domingo - 16/05/2021
spot_img

Botão do pânico como medida de prevenção e proteção à mulher

Reunião realizada na última semana, na sede do Ministério Público de Itumbiara, deliberou sobre a implementação do Botão do Pânico para as vítimas de violência doméstica e familiar contra a mulher, como uma das medidas de prevenção secundária da Rede de Proteção à Mulher da comarca.

O encontro foi promovido pela 7ª Promotoria de Justiça de Itumbiara, cujo titular é o promotor de Justiça José César Naves de Lima Júnior, contando com a presença do coordenador-geral da Central de Monitoramentos de Itumbiara, Wesley Vasconcelos; da titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) em Itumbiara, Yvve de Melo Rocha; da presidente da Rede de Proteção à Mulher, Sílvia Clauredina Reis Cunha, e da coordenadora da rede e assessora da 7ª Promotoria de Justiça, Patrícia Raposo Moreira.

Na ocasião, o coordenador da Central de Monitoramentos expôs o funcionamento do Botão do Pânico, a ser utilizado para proteção das vítimas de violência doméstica e familiar contra mulher, salientando a importância na prevenção de tais delitos. Os participantes da reunião definiram ainda que caberá à delegada a avaliação junto às vítimas solicitantes de medidas protetivas de urgência, elaborando a representação endereçada ao Poder Judiciário, baseada, sobretudo, no Formulário Nacional de Risco e Proteção à Vida (Frida). (Cristiani Honório / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – Foto: Arquivo da 7ª Promotoria de Itumbiara).

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,820FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img