quarta-feira - 16/06/2021
spot_img

Aula Magna no curso de Medicina da UEG

A Universidade Estadual de Goiás (UEG) realizou na última quinta-feira, 21, a aula magna do curso de graduação de Medicina, do Câmpus UEG Itumbiara. O evento marcou também a entrega dos jalecos aos novos estudantes que, simbolicamente, marca o início de suas vidas no curso e seu comprometimento com a futura profissão.
Itumbiara foi escolhida como sede para ofertar a nova graduação devido às potencialidades já instaladas no câmpus da cidade que, além de Medicina, oferece também os cursos de Educação Física, Enfermagem e Farmácia, que garantem estrutura laboratorial para os 23 estudantes da primeira turma da nova graduação. Além dos cursos já listados, o Câmpus Itumbiara também oferece o curso de Ciências Econômicas.
O diretor do câmpus, professor Davi Lopes, saudou os presentes, em especial os pais que acompanhavam o evento, e destacou a responsabilidade da Instituição em ter sido escolhida pelos estudantes para a realização do curso superior. “Vocês confiaram a nós a realização dos seus sonhos: se tornarem médicos! Sintam-se acolhidos em nossa casa. Estamos todos juntos nessa caminhada”, discursou.
“Como alunos de Medicina de uma universidade pública vocês são portadores e receptores dos esforços da sociedade goiana que contribui para que sejam feitos os esforços necessários para a oferta de cursos públicos, gratuitos e de qualidade”, definiu o reitor, professor Haroldo Reimer.
Quem também deu boas-vindas aos estudantes, e à cidade, foi o prefeito municipal, José Antônio da Silva Netto. “A cidade está de portas e coração abertos para receber todos vocês”, declarou.
A professora Cristiane de Oliveira Bolina, coordenadora do curso, conduziu a entrega dos jalecos aos estudantes e fez uma retrospectiva histórica da peça – que se acredita ter sido utilizada pela primeira vez durante o surto de peste bubônica na Europa do século XIV. “A entrega do jaleco é uma cerimônia importante. Simboliza o comprometimento com a profissão. Jaleco não é moda. Usem-no com responsabilidade”, frisou.
“Ser Médico: Os Prazeres e Sofreres” foi o tema da exposição feita pelo professor Sindeval José Da Silva, da Universidade Federal de Uberlândia, que expôs os desafios e as felicidades da profissão. Segundo o professor, a profissão demanda dedicação e, muitas vezes, uma série de abdicações, mas ao mesmo tempo prazerosa e recompensadora.
Para o professor, a beleza de ser médico está no cuidado do outro, no que reside também a grande responsabilidade da profissão.

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,837FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img