quinta-feira - 06/05/2021
spot_img

Álvaro é diplomado pela nona vez; sete como deputado estadual

Em solenidade realizada na manhã da última quarta-feira, 19, no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) realizou a diplomação dos candidatos eleitos no pleito de outubro. Entre os homenagedos, o deputado estadual Álvaro Guimarães (DEM), reeleito para mais um mandato na Assembleia Legislativa. Natural de Itumbiara, no Sul Goiano, Álvaro vai exercer o sétimo mandato na Casa, cinco deles como titular -o quarto consecutivo- e dois como suplente.
Foi o novo diploma que o representante de Itumbiara recebeu da justiça eleitoral. O primeiro foi em 1972, quando foi eleito vereador em Itumbiara. Quatro anos depois foi reeleito e presidiu a Câmara Municipal. Em 1986, foi eleito deputado estadual Constituinte e depois ocupou diversos cargos no Estado, como secretário da Agricultura, presidente do Detran e secretário Extraordinário, além de secretário de Finanças da Prefeitura de Itumbiara. Em 2000 e 2004, exerceu mandato de deputado como suplente e a partir de de 2006, é eleito sucessivamente para a Assembleia, onde ocupa cargos importantes, como 1º secretário, relator do Orçamento do Estado por três anos e presidente da Comissão de Constituição e Justiça e Comissão Mista, as duas mais importantes da Casa. Álvaro foi ainda presidente da Cervap, cooperativa de eletrificação rural por sete anos.
Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de São Carlos – SP, agropecuarista, empresário do ramo de comunicação, transporte e venda de gado, Álvaro é um dos deputados mais atuantes da Assembleia. Sua principal base eleitoral é em Itumbiara, mas representa mais de 40 municípios, sendo votado em quase 200 dos 246 municípios goianos.
Cogitado para encabeçar uma chapa para a Mesa Diretora da Assembleia, o deputado reeleito para o seu sétimo mandato, Álvaro Guimarães (DEM), disse que o momento da diplomação é sempre importante e apresenta uma nova esperança e uma vontade de mudanças no Estado. “Nós esperamos que essas mudanças possam acontecer. Vou continuar trabalhando da maneira que sempre trabalhei para ajudar a melhorar a qualidade de vida do povo do Estado de Goiás”, disse.
Quanto ao trabalho para chegar a ser o escolhido pelos pares para presidir a Casa, Álvaro Guimarães disse que já está fazendo um trabalho com apoio da maioria de seus colegas. “O importante é a possibilidade de fazer o Poder Legislativo ter mais independência, ser mais acreditado lá fora, pois existe atualmente um descrédito em relação ao Parlamento, não apenas no Estado, mas em todo o Brasil. Então espero poder contribuir e fazer acontecer a partir do dia 1º de fevereiro”.
Apesar da possibilidade de presidir a Alego, Álvaro Guimarães deixa claro que gosta de fazer as coisas com consciência, respeito e segurança. “Estou na Casa a seis mandatos. Tenho muita experiência. Já participei da Mesa Diretora em todos os cargos e hoje presido da Comissão mais importante que é a CCJ. Então, engloba também a comissão mista. Isso me deu uma experiência e uma condição, uma amizade grande com os deputados que estão lá há muito tempo e eles estão me apoiando para que eu possa ser o presidente. Também já conversamos com os deputados que estão chegando, e, inclusive, já temos alguns votos que possam nos ajudar a vencer essas eleições. Eu faço isso com muita tranquilidade de cautela. Todos os 41 eleitos poderão ser candidatos porque têm condição para isso. Então, estou trabalhando, mas respeitando aqueles que também querem apresentar chapa”, pontuou.

VEJA TAMBÉM

SIGA NAS REDES

2,783FansLike
1,019FollowersFollow
0SubscribersSubscribe

PUBLICIDADE

spot_img
spot_img
spot_img